Futebol e ENEM

fevereiro 17th, 2012 | 0 comments

Seria interessante que todo atleta s√≥ pudesse tornar-se profissional ap√≥s terminar o Ensino M√©dio. √Č uma medida educativa para toda a sociedade, pois teremos garantias de que:

  • Todo atleta, com sal√°rio alto ou baixo, tem o Ensino M√©dio completo;
  • Nenhum atleta ganha dinheiro no esporte profissional, abandonando os estudos;
  • Todo clube ir√° se preocupar com os estudos dos seus atletas.

Mas vou além disso.

Proponho exigir qualidade nesse Ensino M√©dio, caso se prefira “comprar” diplomas. Uma das possibilidades √© exigir uma qualifica√ß√£o m√≠nima via ENEM, para medir a aprendizagem.

Funcionaria?

An√°lise qualitativa na escola

março 16th, 2011 | 0 comments

No curso de gradua√ß√£o em Educa√ß√£o F√≠sica, mat√©rias como Biomec√Ęnica e Cinesiologia podem parecer aterrorizantes…

Porém, só os professores de Educação Física estudam este tipo de área do conhecimento. Nós é que devemos levar isto para a escola.

O melhor espa√ßo no planejamento para trabalharmos com a an√°lise de movimentos √© o 2¬ļ ano do Ensino m√©dio. Apenas proponho adaptar o conte√ļdo √† realidade dos alunos. Exemplos a seguir:

Esporte

Escolher um aluno da turma que saiba fazer bem um drible ou alguma manobra com a bola nos pés, e dar um tempo para que os outros alunos tentem copiá-lo.

Dança

Utilizar os passos de algum aluno que saiba sambar bem, ou uma movimentos de samba de uma vídeo aula, e levar os alunos a observar os movimentos para tentar aprender os passos.

Enfoques da Educação Física

março 5th, 2011 | 0 comments

Cada ano do currículo de Educação Física terá enfoques diferentes. Assim, uma mesma atividade, para anos diferentes, resultará em diferentes aprendizagens.

ENSINO FUNDAMENTAL

6¬ļ ano (enfoque cultural): se concentrar√° em como a atividade se originou e se desenvolveu na sociedade, sua variedade de estilos e os modos de jogar de nossa regi√£o.

7¬ļ ano (enfoque t√©cnico): ir√° se concentrar em aprender quais as habilidades que comp√Ķem a atividade e em como aprimor√°-las.

8¬ļ ano (enfoque na auto-organiza√ß√£o): se preocupar√° com a organiza√ß√£o da atividade, tanto na cria√ß√£o de suas regras, como nos meios estrat√©gicos e t√°ticos que aumentem as chances de √™xito.

9¬ļ ano (enfoque cr√≠tico): procurar√° avaliar e corrigir seu desempenho na atividade, assim como se aprofundar nas quest√Ķes sociol√≥gicas que a cercam.

ENSINO M√ČDIO

1¬ļ ano (enfoque fisiol√≥gico): estudar√° as caracter√≠sticas fisiol√≥gicas da atividade e sua utiliza√ß√£o na manuten√ß√£o da aptid√£o f√≠sica.

2¬ļ ano (enfoque mec√Ęnico): buscar√° conhecer como seu corpo gera os movimentos da atividade, e como transferir os movimentos de outros para seu pr√≥prio corpo.

3¬ļ ano (enfoque social): se voltar√° para o aspecto recreativo e pol√≠tico da atividade, na busca por melhorar a qualidade de vida da popula√ß√£o.

Plano de curso: 3¬ļ ano (Ensino M√©dio)

fevereiro 17th, 2011 | 0 comments

Tema: Aspectos sociais e recreativos do movimento humano

Objetivo: Levar o aluno a compreender os fatores sociais presentes ou influentes na atividade física, para que saiba organiza-las e conduzir-las no meio coletivo.

Aulas pr√°ticas: enfoque social

Conte√ļdos

1¬ļ Bimestre

Tema: Lazer

Subtemas: Rela√ß√Ķes do lazer com o tempo livre e com o prazer, com o trabalho, o descanso e a qualidade de vida, lazer ativo e lazer passivo, interesses do lazer (f√≠sicos, art√≠sticos, manuais, intelectuais, sociais, etc), equipamentos urbanos de lazer, pol√≠ticas p√ļblicas relacionadas ao lazer.

2¬ļ Bimestre

Tema: Organização de eventos

Subtemas: Teoria dos 5 W e 3H (o qu√™, onde, quando, por qu√™, como, com quanto, com quem e para quem), trabalho em equipe, divis√£o das tarefas, projeto de evento, checklist (roteiro de evento), cerimonial, regulamentos, f√≥rmulas de disputa e premia√ß√Ķes.

3¬ļ Bimestre

Tema: Nutrição e atividade física

Subtemas: Pap√©is dos principais nutrientes no desempenho f√≠sico: carboidratos, prote√≠nas, gorduras, √°gua (hidrata√ß√£o), ferro, c√°lcio, s√≥dio, pot√°ssio e f√≥sforo (bebidas isot√īnicas). Vitaminas do complexo B e antioxidantes. Sono (descanso) .

4¬ļ Bimestre

Tema: Atividade física e sociedade

Subtemas: Competitividade, consumismo, trabalho, tecnologia, pol√≠tica, religi√£o,¬†sensualidade e sexualidade relacionados √† atividade f√≠sica, autoimagem e corporeidade, sedentarismo, fama, subst√Ęncias proibida e altos sal√°rios.

Trabalho principal (opcional): Participar da organiza√ß√£o de um evento escolar inter ou intraclasse (gincana l√ļdica ou torneio esportivo).

Plano de curso: 2¬ļ ano (Ensino M√©dio)

fevereiro 17th, 2011 | 0 comments

Tema: Aspectos mec√Ęnicos e expressivos do movimento humano

Objetivo: Levar o aluno a compreender o funcionamento mec√Ęnico do corpo humano, sua leitura e cuidados necess√°rios ao aparelho locomotor e √† coluna vertebral.

Aulas pr√°ticas: enfoque mec√Ęnico

Conte√ļdos

1¬ļ Bimestre

Tema: Aparelho locomotor

Subtemas: Ossos, articula√ß√Ķes, m√ļsculos, tipos de movimento (flex√£o/extens√£o, abdu√ß√£o/adu√ß√£o, rota√ß√£o lateral/medial e circundu√ß√£o), contra√ß√£o muscular, tipos de contra√ß√£o (conc√™ntrica, exc√™ntrica e isom√©trica), principais m√ļsculos esquel√©ticos e suas articula√ß√Ķes de atua√ß√£o.

2¬ļ Bimestre

Tema: Força, resistência muscular localizada (RML) e flexibilidade

Subtemas: Diferen√ßas entre for√ßa e RML, diferen√ßas entre contra√ß√£o e alongamento, t√īnus muscular, exerc√≠cios de contra√ß√£o muscular e seus principais m√ļsculos afetados, gin√°stica de academia e muscula√ß√£o, atividades de alongamento, tipos de alongamento (ativo, passivo, assistido e bal√≠stico), relaxamento muscular.

3¬ļ Bimestre

Tema:¬†Les√Ķes do aparelho locomotor e coluna vertebral

Subtemas: Les√Ķes (√≥sseas, articulares e musculares), sintomas, primeiros socorros, overtraining, estrutura e movimentos da coluna vertebral, desvios posturais, cuidados com a coluna vertebral.

4¬ļ Bimestre

Tema: Dança e expressividade

Subtemas: Comunica√ß√£o corporal, expressividade, m√≠mica, teatro mudo, dan√ßas contempor√Ęneas, dan√ßa de sal√£o, companhias de dan√ßa.

Trabalho final (opcional): Analisar qualitativamente os movimentos de uma dança, extrai-los de um vídeo e adaptá-los em si mesmos.

Plano de curso: 1¬ļ ano (Ensino M√©dio)

fevereiro 14th, 2011 | 0 comments

Tema: Aspectos fisiológicos do movimento humano

Objetivo: Levar o aluno a compreender as vari√°veis fisiol√≥gicas e de sa√ļde, envolvidas na atividade f√≠sica, para que participe nela com maior capacidade cr√≠tica e utilize seus conhecimentos para diminuir riscos para sua sa√ļde, ao programar suas pr√≥prias atividades.

Aulas práticas: enfoque físiológico

Conte√ļdos

1¬ļ Bimestre

Tema: Atividade f√≠sica e Sa√ļde

Subtemas: Atividade f√≠sica, aptid√£o f√≠sica (for√ßa, resist√™ncia, flexibilidade, etc), treinamento e adapta√ß√£o, sa√ļde (segundo a OMS), estilo de vida e qualidade de vida.

2¬ļ Bimestre

Tema: Princípios da atividade física

Subtemas: Individualidade biol√≥gica, sobrecarga crescente, especificidade, reversibilidade; volume (s√©ries, repeti√ß√Ķes e intervalos), intensidade e frequ√™ncia semanal; frequ√™ncia card√≠aca (bpm).

3¬ļ Bimestre

Tema: Funcionamento do corpo

Subtemas: Energia (ATP), m√ļsculos, carboidratos (glicose), prote√≠nas e gorduras (produ√ß√£o de energia), oxig√™nio, g√°s carb√īnico, sangue, urina, m√ļsculos e c√©lulas musculares, impulsos nervosos, horm√īnios (insulina), rins, f√≠gado e pulm√Ķes.

4¬ļ Bimestre

Tema: Resistência aeróbia e anaeróbia

Subtemas: Metabolismos energéticos aeróbio e anaeróbio, hiperventilação, glicólise, ácido lático (acidose), consumo de oxigênio, limiar anaeróbio (e sua relação com a frequência cardíaca), resistência anaeróbia, resistência aeróbia, resistência cardiorrespiratória e seus efeitos no organismo humano.

Trabalho final (opcional): Montagem de um programa simplificado de atividade f√≠sica, aproveitando todo o conte√ļdo do ano.

Plano geral de Educação Física Escolar

fevereiro 11th, 2011 | 0 comments

N√£o tenho um plano pronto para os anos iniciais do Ensino Fundamental, apenas uma id√©ia de uma linha a seguir. Acho que os anos iniciais devem ter um foco desenvolvimentista, com toques construtivistas. Por exemplo: utilizando jogos populares, ou jogos apresentados pelo professor, para desenvolver as habilidades motoras de forma global, ainda num n√≠vel de tomada de consci√™ncia baixo sobre quaisquer teorias. √Č a hora certa para isto.

Para os anos posteriores, a teoria deve encontrar a prática de maneira formal e ser avaliada normalmente. Este é um esboço que gostaria de discutir com profissionais da área, a qualquer hora, em qualquer dia, mas tenho ENORME dificuldade para isto:

6¬ļ ano: Iniciar a teoria apresentando o mundo da atividade f√≠sica, dando √™nfase √† variedade desta (nome simples: brincar com a Atividade¬†F√≠sica)

7¬ļ ano: Apresentar as habilidades motoras atrav√©s de jogos variados e aperfei√ßoar habilidades desportivas (praticar a Atividade¬†F√≠sica)

8¬ļ ano: Focar nas habilidades sociais, o que envolve cria√ß√£o de regras, estrat√©gia e aspectos t√°ticos: a auto-organiza√ß√£o de grupos (se organizar na Atividade F√≠sica)

9¬ļ ano: Focar na avalia√ß√£o, sobretudo de aspectos t√©cnicos e f√≠sicos, al√©m de uma √™nfase cr√≠tica em temas envolvendo Atividade F√≠sica e Sociedade (avaliar na Atividade F√≠sica)

1¬ļ ano: Conduzir a aprendizagem dos aspectos fisiol√≥gicos que envolvem a Atividade F√≠sica, dando bases te√≥ricas para que o aluno possa organizar e cuidar de suas atividades.

2¬ļ ano: Conduzir a aprendizagem dos aspectos mec√Ęnicos do movimento humano, complementando os conte√ļdos do 1¬ļ ano.

3¬ļ ano: Aqui, os aspectos sociais e de lazer, e ainda complementos dos anos anteriores.

Minha id√©ia, com este plano geral, √© distribuir entre os anos temas diferentes e complementares, de maneira a tornar o curr√≠culo de Educa√ß√£o F√≠sica Escolar mais completo poss√≠vel. Ainda vou detalhar bastante cada um desses anos e ficarei grato com sugest√Ķes.