Nova linguagem de programação

março 14th, 2012 | 0 comments

Vou criar uma nova linguagem de programação!

Será que consigo? Em quanto tempo?

Concluo que as linguagens mais comuns existentes se preocupam com ambientes profissionais complexos, comerciais e lucrativos, com funcionalidades diversas e documentação muito complicada, em inglês.

E quem traduz para o português não é pedagogo, então a didática dos livros normalmente é péssima.

Já que sou professor, por que não encampar um movimento pela iniciação adequada da criança ao processamento de dados?

Num mundo onde tudo está se informatizando e virtualizando, as crianças crescem excluídas do processo. Qual o futuro de um povo, se assim continuar?

Tenho estudado algoritmos mas só tenho encontrado coisas voltadas a adultos, a ambientes universitários, e também voltado ao ambiente comercial.

Onde está a brincadeira, a programação descompromissada? E o encanto do desafio de fazer um programa inútil, só para ver ele funcionar na frente dos seus olhos?

Como associar esse clima juvenil ao domínio de um computador?

E como incluir no processo a língua portuguesa?

Estou animado em me dedicar a algo novo e a mostrar aqui meus passos, minhas escolhas, se possível trocar idéias e conseguir parceiros que tenham esse mesmo interesse, como eu.

E hoje, 14 de março de 2012, é o marco zero dessa nova linguagem.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre lang="" line="" escaped="" highlight="">