Redações e provas orais

abril 30th, 2011 | 0 comments

As pessoas passam mais tempo de vida falando do que escrevendo. Ainda assim, se expressam melhor por escrito do que falando.

Já experimentei fazer provas orais. Nelas, podemos avaliar a comunicação corporal da pessoa, enquanto responde às perguntas. Porém, o nervosismo é maior, o que de certo atrapalha suas respostas. Prova oral é uma situação que gera muita tensão. Tem vantagens mas talvez o números de desvantagens seja ainda maior.

Neste ano, tomei um rumo contrário. Passei uma redação para as turmas de 9º ano e de 1º ano. O desempenho dos alunos foi muito superior nas redações do que nas provas orais. Fiquei muito satisfeito. Pude ver o que os alunos absorveram das aulas, no texto, e também os pontos que eles não souberam desenvolver no texto.

A única desvantagem que vi é que a correção das redações é realmente demorada. Além disso, para corrigir redações é importante que se tenha critérios fixos, para que a avaliação seja mesmo justa, o que não é tão simples como corrigir com um gabarito.

O assunto do 9º ano foi: “Esporte: o que faz de bom e o que faz de mau, para a saúde e para o convívio social”. O assunto do 1º ano foi: “As relações entre atividade física, aptidão física, saúde, estilo de vida e qualidade de vida”. O resultado foi satisfatório.

Recomendo o uso das redações!

Tagged , ,

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre lang="" line="" escaped="" highlight="">